terça-feira, 14 de julho de 2009

Luminosidades



Dirijo,
Atravesso a noite contra o vento frio
Seu nome sem pronúncia
Arde nos ouvidos
E, surdo, me arrepio
Contemplando estrelas de faróis.

Dirijo,
Estilhaços me cegando no caminho
Nosso amor farfalhando minhas orelhas
Tuas mãos e minhas tolices derradeiras
São detalhes que me fazem tão sozinho.

Angelo A. P. Nascimento
(2000)
Postar um comentário
Related Posts with Thumbnails