domingo, 27 de setembro de 2009

Vazio

Vazio...
Quantos nomes já te deram
Imensurável substantivo
No intuito
De definir o teu vácuo
Doloroso e indefinível?

O que confinas
No teu corpo etéreo
Onde a luz
Mesmo ela se perde?

Vazio...
Onde tudo há de imenso
Onde o tudo a nada se resume
Onde a vida perde o lume
Onde estou
Sem receber o teu amor.

Angelo A. P. Nascimento
(22 de janeiro de 2001)
Postar um comentário
Related Posts with Thumbnails