quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Retratação

Meus caros,
Desculpem-me a ausência. Sei que ando falho comigo mesmo e com aqueles amigos que aqui fiz, mas acreditem, as correrias me impedem a presença tanto quanto eu gostaria. Às vezes, enquanto estou sozinho no carro, vejo-me com alguns estalos ótimos para escrever, mas, como não tenho como registrar, tudo acaba se perdendo, diluindo-se ao longo das tantas coisas do dia.
Tenho escrito pouco, mas tenho vivido muito outras experiências. Quem sabe elas não rendem novos textos ou novas poesias? Ando reformulando pensamentos e atitudes e quero, em breve, poder falar de novas fases que sempre são antecedidas por esses momentos de confusão e desordem. Até o amor vem do caos e sei que vem vindo um sem tamanho por aí (tomara!).
Nesse embaraço todo, meu pâncreas acabou revirado. Dias estava na cabeça, dias estava no peito, dias estava no lugar calmo de sempre do abdome. Mas bola para frente. Força e coragem para todos nós.
Comentarei os blogs amigos. Saudades de todas as palavras, textos e conselhos.

Abraços a todos.
Beijos a quem merece.

Angelo A. P. Nascimento
Postar um comentário
Related Posts with Thumbnails