sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Palavras roubadas



Eu sei que você me lê
Mesmo que eu embaralhe todas as letras
Mude a ordem das minhas páginas
Me vire de cabeça para baixo
Ainda assim
Sei que você me lê

Você enxerga
A maioria das minhas páginas em branco
As que estão escritas erradas
E as que você pode ajudar a corrigir

E me disseram
Que ser esse tipo de leitor
Pode ser amor...

Angelo Augusto Paula do Nascimento
Postar um comentário
Related Posts with Thumbnails