quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Só queria te contar



Eu, meu bem
Queria te contar
Umas coisas que penso
Outras que de repente esqueço
E me alivio por não falar

Faz tempo que escrevo
Mesmo sem saber porquê
Porém na métrica
O amor não me cabe
Não sou eu
Qualquer razão de ser

Eu sei
Tudo passa
E essa terra revirada
Já não brota
Nada mais que o coração mandar

É que é tudo tão pesado
As rimas
Os erros
Os acertos
E até deslocar o porta-retratos
É um trabalho que me deixa fraco

Eu me despeço
Enquanto nada mais te peço
Mas só queria contar
Que tem essa minha parte
Que é contínua em se dar

Eu vou por aqui
Talvez dirija sem parar
Talvez eu beba até cair
Ou eu faça um vexame
Por gastar tantas canetas
Nessas cartas que nunca vou entregar

Essas histórias
Sempre serão
Para outro alguém escutar
Mesmo assim
Só queria te contar.

Angelo Augusto Paula do Nascimento

Postar um comentário
Related Posts with Thumbnails