domingo, 17 de fevereiro de 2013

Do lado esquerdo da cama


Eu te escrevo
Do lado esquerdo da cama
De onde, insone
Enlouqueço enquanto te quero
Enquanto te culpo
Enquanto me desespero
Onde o travesseiro afunda
Com suas insolências

Eu te escrevo
Do lado esquerdo da cama...

[E de onde você me escreve?]

Angelo Augusto Paula do Nascimento
Postar um comentário
Related Posts with Thumbnails