segunda-feira, 20 de junho de 2011

Não sei se eu sinto ou faço sentido



Eu levo de novo
Tudo comigo
O beijo
O abraço
E o amor contido
Eu levo seu cheiro
No nariz escondido
Eu levo o que for
Mas eu me vou

Eu estou indo
Voltando pro nada
De onde de lá
Não olho seu riso
Eu vivo esse mundo
Preencho as lacunas
Com esses poemas
Bem mal ou bem lidos

Eu sei que o que eu falo
Só soa zumbido
A minha voz é
Esse ai sustenido
Assim, eu me vou
Conforme pedido
Me guardo nas colchas
Com música e suspiro
Um copo de leite
Um olhar perdido
Quem sabe eu consiga
Chorar um pouquinho

Eu já não me sei
Se sou o que foi
Se sou o que sou
Ou o que apenas foi visto
Não sei se eu sinto
Ou faço sentido
Só sei que agora
Eu vou embora...

Angelo A. P. Nascimento
Postar um comentário
Related Posts with Thumbnails