domingo, 18 de dezembro de 2011

Meu coração paralítico

Fotografia: André Barreto

Vez ou outra
As palavras não me visitam
Deixam esse interstício
Essa aflição abafada
Um período de estranheza
Comigo mesmo

E rogo
Que tudo volte
Que essa parte afastada
Retorne à alma amputada

Por enquanto,
Meu coração paralítico...

Angelo Augusto Paula do Nascimento
Postar um comentário
Related Posts with Thumbnails